sábado, 7 de setembro de 2013

The Necks- Aether [2001]

Da mesma maneira como "He Loved him Madly" do Davis, ou "Ascension" do Coltrane, Aether é uma experiência totalmente imersiva! Embora eles estejam tocando apenas um único acorde, nuances sutis, adições e subtrações destrincham novas belezas dentro de toda a peça. Pelo fim, é possível acreditar que este é o único acorde que existe, e qualquer outra música soa irremediavelmente detalhada. Os 64 minutos de Aether passam com a facilidade de segundos mas cada um é tão elementar como as fases da lua. Brilhante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário