quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Propagandhi- Today's Empires, Tomorrow's Ashes [2000]

Sete palavras: Tem que ser escutado para se acreditar!

Sendo amplamente considerado por seus fãs como a verdadeira obra-prima do Propagandhi, Today’s Empires (o terceiro LP do Propagandhi) é uma daquelas gravações que simplesmente te chacoalham com sua ferocidade! O álbum é um pacote completo. Os membros da banda jocosamente se autointitulam “thrash progressivos”, mas bem, essa é uma gravação com nuances progressiva e thrash, porque é a única maneira precisa de descrever o som reinventado do Propagandhi, assim como o impacto que teve.

Criminalmente subnotado por fãs de hardcore/punk/metal, TETA foi/é MUITO a frente do seu tempo, com musicalidade absolutamente incrível que está anos luz além do hardcore melódico dos primeiros dois álbuns, Less Talk, More Rock de 1996 e How To Clean Everything de 1992. TETA prova que bandas de hardcore/punk podem não apenas tocar, mas tocar melhor que qualquer outra banda de música rápida que exista por aí! Sem costuras, com alterações vertiginosas em tempos incríveis, trabalho chamativo de guitarra incrivelmente cativante, assim com as complexas linhas hardcore do baixo, assim como a total forma livre de interferência, onde o abismo do verdadeiro talento musical da banda se torna difícil de ignorar. Eu também não conheço muitos outros guitarristas que são tão incendiários, altamente literários, com letras prolixas enquanto toca algumas aberturas de acorde extremamente complexas ainda assim bonitas e melódicas, solo selvagem, e riffs intricados que Hannah usa através do álbum.

Certo, não vou deixar isso ficar muito longo senão a babação de ovo vai longe. É um álbum fantástico, e se você for relativamente inteligente e/ou gostar de música rápida, você seria um completo idiota se não ouvisse isso. Clássico absoluto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário